Remédios

Suco de Amora Trata Amigdalite – Receita, Como Consumir e Benefícios

Infecções estão por toda parte, sendo assim fica sempre muito difícil evita-las. As respiratórias são as mais comuns, já que são as mais fáceis de serem contraídas, como bronquite, gripe ou tuberculose, por exemplo. São mais fáceis, pois é necessário somente que inale o mesmo ar de uma pessoa contaminada por um vírus, fungo, bactéria ou por qualquer outro germe que poderá contrai-lo. É claro que existem hábitos higiênicos que podem ajudar a evita-los, porém nem sempre eles são eficazes, principalmente em estações frias onde os ambientes ficam fechados aumentando aglomeração. Uma infecção comum e que afeta especificamente a região da garganta é a amigdalite. Ela é bem comum e seus sintomas costumam ser desconfortáveis, atrapalhando até uma refeição. Para trata-la, são necessários antibióticos. Como sabemos que os sintomas são bem chatinhos, iremos passar a receita de um remédio natural que ajuda aliviá-los. Além disso, iremos explicar um pouco sobre amigdalite para que entenda melhor.

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas causada por alguns germes que se instalam na região da garganta. As amígdalas são gânglios linfáticos que ficam localizados na parte lateral da garganta e também na parte de trás da boca. Elas têm como função manter bactérias e qualquer outro germe longe de locais que possam causar infecções. A amigdalite é bem mais comum nas estações frias do ano, já que são épocas onde o ar fica seco e há uma aglomeração maior de pessoas em ambientes fechados, facilitando então a entrada de vírus, bactérias, fungos e outros germes pelas vias áreas. Existem tipos de amigdalite que classificam como ela é contraída, são eles: amigdalite bacteriana (causada por bactérias) e amigdalite viral (causada por vírus). Existe também a amigdalite crônica que é causada por diversas infecções recorrentes na região da garganta, se tornando então crônica. Sintomas como mau hálito e nódulos cervicais são persistentes nesse tipo. Uma pessoa com amigdalite crônica pode lidar com até 7 casos no ano. E a amigdalite aguda  que dura até duas semanas e seria causada mais por algum germe tratado facilmente com antibióticos. A amigdalite pode ser transmitida pelo ar ou é causada de forma secundária a infecções. Seus sintomas são:

  • Amígdalas inchadas e vermelhas
  • Placas brancas ou amareladas nas amígdalas
  • Dor de garganta
  • Dificuldade e dor ao engolir
  • Febre
  • Nódulos linfáticos no pescoço
  • Mau hálito
  • Dor de cabeça

Caso lide com amigdalite com frequência ou esteja lidando agora, continue nos acompanhando, pois iremos ensinar a preparar um suco de amora que ajuda aliviar seus sintomas. Veja a seguir.

Receita do Suco de Amora

A seguir, nós iremos ensinar a preparar o suco de amora, mostrando a vocês os ingredientes que serão usados e as instruções de como deverá prepara-lo. Em seguida, vamos também mostrar como deverá consumir o suco.

Ingredientes:

  • 1 copo de amoras pretas
  • 1 copo de água
  • 1 colher de mel

Modo de Preparo:

Em um liquidificador, coloque todos os ingredientes. Bata tudo durante 10 minutos. Assim que estiver pronto, consuma.

Como Consumir e Benefícios do Suco de Amora

O ideal é que consuma o suco de amora 3 vezes ao dia. O primeiro copo do suco deverá ser consumido assim que acordar, antes do café da manhã. O segundo copo pode ser consumido em qualquer horário da tarde. Já o último deverá ser consumido antes de dormir. O suco também fortalece os ossos, contém propriedades antioxidantes, fornece benefícios para à pele, combate insônia e fortalece o sistema imune.

Esperamos que tenham gostado da dica. Consuma e conte para a gente o que acharam e se tiveram os resultados desejados.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.